Ficha nº17

 

Acidez e basicidade em soluções aquosas de sais

1.* Misturam-se 40,0 ml de solução de HCl 0,200 mol dm-3 com 60,0 ml de solução de NaOH 0,100 mol dm-3.

Calcule a concentração de todos os iões presentes na solução final. Considere os volumes aditivos e a temperatura de 25 ºC.

2. Uma solução de NaCl apresenta, a 25 ºC, um pH = 7.

Selecione a opção que justifica a frase anterior.

(A) Ocorrer apenas a hidrólise do catião Na+.

(B) Ocorrer apenas a hidrólise do anião Cl-.

(C) Não ocorrer hidrólise.

(D) Ocorrer a hidrólise do catião e do anião.

3. O benzoato de potássio é sal derivado do ácido benzoico, utilizado como conservante alimentar, tendo a classificação de E212, existindo como alternativa ao benzoato de sódio.

M(KC6H5COO) = 160,21 g mol-1

3.1. Selecione a opção que contém a equação que traduz a ionização do ácido benzoico em água.

(A) C6H5COO- (aq) + H2O (l) ⇋ C6H5COOH (aq) + OH- (aq)

(B) C6H5COOH (aq) C6H5COO- (aq) + H3O+ (aq)

(C) C6H5COOH (aq) + H2O (l) C6H5COO- (aq) + H3O+ (aq)

(D) C6H5COO- (aq) + H3O+ (aq) C6H5COOH (aq) + H2O (l)

 

 

 

3.2. Calcule o valor do pH de uma solução aquosa de benzoato de potássio, KC6H5COO, 0,10 mol dm-3.

O ácido conjugado do ião benzoato é o ácido benzoico, C6H5COOH, cujo valor de Ka é 6,5 x 10-5, a 25 ºC.

4. Determine as concentrações em iões H3O+ e iões OH- bem como o pH das seguintes soluções aquosas, a 25 ºC.

4.1 1,35 x 10-4 mol dm-3 em HNO3;

4.2 2,50 x 10-1 mol dm-3 em NaOH;

4.3 1,50 x 10-2 mol dm-3 em Mg(OH)2;

4.4 1,75 x 10-2 mol dm-3 em HCN; Ka (HCN) = 6,17 x 10-10;

4.5 3,00 x 10-2 mol dm-3 em NH3; Kb(NH3) = 1,8 x 10-5.

5. O ião ClO- é uma espécie que reage com a água em pequena extensão.

a) Escreva a equação que traduz a reação ácido-base deste ião com a água.

b) Escreva a expressão da constante de equilíbrio para a reação anterior.

c) Que outra designação se pode dar à constante de equilíbrio anterior?

6. Misturou-se, à temperatura de 25 ºC, 20,0 ml de solução de NaOH 0,200 mol dm-3 com 20,0 ml de solução de HCl 0,100 mol dm-3.
Selecione, justificando, as opções que podem caracterizar a solução resultante.

(A) [Na+(aq)] = 0,100 mol dm-3

(B) [H3O+ (aq)] = 0,100 mol dm-3

(C) pH = 1,3

(D) pH = 12,7

(E) [OH- (aq)] = 0,050 mol dm-3

(F) [Cl- (aq)] = 0,100 mol dm-3

7. A um recipiente contendo 100 ml de solução aquosa de ácido nítrico 0,10 mol dm-3 foram adicionados 20,0 ml de solução aquosa de hidróxido de sódio 2,0 mol dm-3.

7.1. Escreva a equação química que traduz a reação.

7.3. Calcule a massa de sal formado nesta reação.

7.2. Verifique se a reação foi completa.

7.4. Calcule o pH da solução final.

8. Classifique as soluções aquosas dos sais que se seguem como ácidas, básicas ou neutras e justifique a sua classificação:

a) CaCO3

b) NH4Cl

c) MgSO4

9. O cloreto de metilamónio, CH3NH3Cl, dissocia-se em água de acordo com a seguinte equação química:

CH3NH3Cl (aq) → CH3NH3+ (aq) + Cl- (aq)

Considere que Kb (CH3NH2) = 5,5 x 10-4, a 25 ºC.

9.1. Escreva a equação que traduz a ionização do ácido conjugado da metilamina (CH3NH2).

9.2. Calcule o valor da constante de acidez do ácido conjugado da metilamina.

9.3. Determine o valor do pH de uma solução aquosa de cloreto de metilamónio, de concentração 0,010 mol dm-3.

10. A 25 ºC, preparou-se uma solução, dissolvendo 3,0 g de hidróxido de sódio, NaOH, em água pura, até perfazer 500 ml de solução. Determine:

10.1 a concentração da água em iões H3O+ antes de se lhe adicionar NaOH;

10.2 a concentração da solução preparada de NaOH;

10.3 a variação de pH que ocorreu.

11. Uma solução de cloreto de amónio, NH4Cl, preparada por um grupo de alunos tem pH igual a 5,22.

Sabendo que a equação química que traduz a hidrólise do ião amónio é:

NH4+ (aq) + H2O (l) ⇋ NH3 (aq) + H3O+ (aq)

selecione a alternativa que permite obter a constante de acidez do ião amónio, Ka(NH4+).

12. O gráfico seguinte relaciona as concentrações de H3O+ e de OH-, numa solução aquosa, a 25 ºC.

12.1 Selecione a opção correta.

A solução C pode representar uma solução aquosa de:

(A) HCl

(B) NH3

(C) NaOH

12.2 Qual dos pontos pode representar uma solução aquosa neutra?

13. O acetato de sódio é um sal derivado do ácido etanoico (ácido acético), CH3COOH, cujo valor de Ka é 1,8 x 10-5, a 25 ºC.

Considere uma solução aquosa desse sal, de concentração 0,50 mol dm-3.

13.1. Escreva a equação de dissociação do sal em água.

13.2. Escreva a equação de ionização do ácido etanoico em água.

13.3. Selecione a opção que completa corretamente seguinte frase.

A solução em estudo ...

(A) ... é ácida.

(B) ... é básica

(C) ... é neutra.

(D) ... possui um pH < 7, à temperatura de 25 ºC .

13.4. Determine o valor do pH da solução em estudo.

14. Dispõe-se de 100 cm3 de ácido clorídrico, HCl (aq), de concentração 1,00 x 10-1 mol dm-3 (solução I).

14.1 Que volume V de água desionizada se deve adicionar à solução I para obter a solução II com a concentração mássica igual a 0,365 g dm-3?

14.2 Selecione a opção que corresponde à variação de pH da solução I para a solução II.

(A) ∆pH = 0

(B) ∆pH = 1

(C) ∆pH = 2

(D) ∆pH = 3

15. A água do mar é alcalina principalmente devido à dissolução de carbonatos.

a) Escreva a equação química que determina a alcalinização de uma água por reação com o ião carbonato, CO32-.

b) Identifique na reação química anterior a espécie responsável pela basicidade da solução obtida.

Contactos

© Triplex