1.1. Fontes e formas de energia

 

Fontes primárias e secundárias de energia

 

O Sol é a principal fonte de energia do nosso planeta. Mas, para além do Sol, o ser humano dispõe de outras fontes de energia.

 

As fontes de energia podem ser:

Fontes primárias – quando ocorrem na Natureza.

Exemplos: carvão, petróleo, gás natural, vento, água, biomassa, recursos geotérmicos e urânio.

 

Fontes secundárias – quando são obtidas a partir de outras fontes de energia.

Exemplos: gasolina, gasóleo, gás butano e eletricidade.

 

A eletricidade é produzida, em grande escala, nas centrais elétricas. Estas centrais têm designações diferentes conforme a fonte de energia utilizada. Assim:

 

  • A energia elétrica é produzida com recurso à água nas centrais hidroelétricas ou hídricas;

  • A energia elétrica é produzida com recurso ao carvão, petróleo ou gás natural nas centrais termoelétricas ou térmicas;

 

  • Ÿ A energia elétrica é produzida com recurso ao urânio nas centrais nucleares;

 

 

  • A energia elétrica é produzida com recurso ao vento, nas centrais eólicas;

 

 

  • Ÿ A energia elétrica é produzida com recurso ao Sol nas centrais solares.

 

Fontes primárias e secundárias de energia

As fontes primárias de energia podem ser classificadas em renováveis e não renováveis.

•As fontes de energia renováveis são aquelas que estão em contínua renovação, sendo, por isso, inesgotáveis à escala da vida humana.
 
ŸO Sol, o vento, a água dos rios e oceanos, a biomassa e os recursos geotérmicos são fontes de energia renováveis.

 

Fontes de energia renováveis

 

 

•As fontes de energia não renováveis são aquelas cujas reservas são limitadas podendo vir a esgotar-se, pois o seu processo de formação é muito lento comparado com o ritmo do consumo que o ser humano faz delas.
 

Os combustíveis fósseis –  carvão, petróleo e gás natural – e os combustíveis nucleares, como o urânio, são fontes de energia não renováveis.

 

Fontes de energia não renováveis

 

 

Formas de energia

 

A energia é uma propriedade de todos os corpos.

A energia manifesta-se de duas formas fundamentais:

Energia cinética;
 
Energia potencial.

 

 

• A energia cinética é a energia associada ao movimento.
 

Por exemplo, um carro em movimento ou uma criança a correr possuem energia cinética.

 

 

A energia cinética de um corpo depende da sua massa e da sua velocidade. Assim:

•quanto maior for a massa do corpo, que se desloca a uma dada velocidade, maior é a sua energia cinética;
 
•quanto maior for a velocidade do corpo, com uma determinada massa, maior é a sua energia cinética.

 

•A energia potencial é a energia armazenada e que se encontra em condições de ser aproveitada.

Esta energia pode manifestar-se, por exemplo, sob a forma de energia potencial gravítica, energia potencial elástica ou energia potencial química.

 

 

A energia potencial gravítica de um corpo depende da massa do corpo e da altura a que se encontra.

 Assim:

• quanto maior for a massa do corpo, a uma dada altura do solo, maior é a sua energia potencial gravítica;
 
• quanto maior for a altura a que se encontra o corpo, com uma determinada massa, maior é a sua energia potencial gravítica.



Síntese de conteúdos


As fontes de energia podem ser fontes primárias, se ocorrem na Natureza, ou fontes secundárias, se são obtidas a partir de outras fontes de energia.

 

As fontes primárias de energia podem ser classificadas em renováveis e não renováveis.

 

As fontes de energia renováveis são aquelas que estão em contínua renovação, sendo, por isso, inesgotáveis à escala da vida humana.

 

As fontes de energia não renováveis são aquelas cujas reservas são limitadas, podendo vir a esgotar-se, pois o seu processo de formação é muito lento comparado com o ritmo de consumo que o ser humano faz delas.

 

A energia de um corpo manifesta-se de duas formas fundamentais:

Energia cinética, que é a energia associada ao movimento;

 
Energia potencial, que é a energia armazenada e que se encontra em condições de ser aproveitada.

 

 

 

Contactos

© Triplex