1.1. Diferentes classificações dos materiais

 

Materiais naturais e fabricados pelo ser humano

 

Na Natureza encontramos uma grande variedade de materiais que utilizamos nas mais diversas atividades e com diferentes fins. Estes materiais designam-se por materiais naturais.

 

 

Os materiais naturais raramente são utilizados conforme os encontramos na Natureza. Muitos deles, como a madeira, são  transformados para serem usados de acordo com os fins a que se destinam. Quando isso acontece dizemos que são materiais naturais fabricados pelo ser humano.

 

Todos os materiais, naturais ou fabricados pelo ser humano, a partir dos quais é possível obter novos materiais ou energia, designam-se por matérias-primas.

Por exemplo, a madeira, o algodão e o granito são matérias-primas.

 

 

A água, o ar e o solo são materiais naturais importantes para a vida na Terra, com propriedades distintas e usos diversificados.

 

 

 

A água, não só é necessária à vida na Terra, como também é a matéria-prima mais utilizada em toda a atividade humana: agricultura, indústria, produção de energia elétrica…

 

O ar é indispensável à maioria dos seres vivos. Sem os gases atmosféricos, como o oxigénio e o dióxido de carbono, a Terra seria um planeta sem vida.

 

 

Para além da sua importância para a vida, o ser humano tem desenvolvido diversas tecnologias que utilizam gases atmosféricos nas mais variadas atividades.

 

Por exemplo, o dióxido de carbono  é muito utilizado no combate a incêndios e, também, na gaseificação de bebidas.

 

 

O solo é uma mistura de material rochoso, restos de animais e plantas, água e ar. Os solos apresentam características diferentes; há solos arenosos, argilosos, calcários,graníticos, entre outros.

 

O ser humano tem utilizado rochas e minerais desde os tempos mais remotos. Por exemplo, do solo extrai-se granito, calcário e metais, tais como ferro, cobre e estanho.

 

 

As pedreiras e as minas são locais de extração de rochas e minerais.

Por exemplo, nas minas de sal-gema extrai-se o sal-gema que é uma rocha da qual se pode obter o sal de cozinha.

 

 

Há também materiais fabricados pelo ser humano que são produzidos em laboratório ou na indústria por processos químicos a partir de outros materiais: são os materiais sintéticos.

 

 

Outros critérios de classificação dos materiais

 

Podem ser usados outros critérios de classificação dos materiais.

Por exemplo:

• solúveis ou insolúveis em água;
 
•de origem vegetal, mineral ou animal;
 
• combustíveis ou incombustíveis.

 

 

 

Implicações da utilização excessiva de recursos naturais

 

A nível mundial, verifica-se uma utilização excessiva e desregrada dos recursos naturais com consequências preocupantes para a sustentabilidade do Planeta e a nível de impacto ambiental.

 

 

Associada à utilização excessiva dos recursos naturais está também a produção de resíduos e consequente poluição.

 

 

Os resíduos, além de contaminarem os solos, a água e o ar, representam também um desperdício de recursos naturais.

 

 

Atualmente, têm sido postas em prática várias iniciativas que visam reduzir, reutilizar e reciclar resíduos, procurando preservar o Planeta de forma a não  comprometer a nossa qualidade de vida nem a das futuras gerações.

 

 

Síntese de conteúdos

 

Os materiais podem ser classificados em materiais naturais e materiais fabricados pelo ser humano.

 

Os materiais naturais são os materiais que se encontram na Natureza.

 

 

Os materiais naturais fabricados pelo ser humano são os materiais que são obtidos por transformação dos naturais.

 

As matérias-primas são todos os materiais, naturais ou fabricados pelo ser humano, a partir dos quais é possível obter novos materiais ou energia.

outros critérios de classificação dos materiais, como, por exemplo:

• materiais de origem vegetal, mineral ou animal;
 
• materiais combustíveis ou incombustíveis;
 
  • materiais solúveis ou insolúveis em água.


Os recursos naturais são limitados. A sua exploração e utilização de forma excessiva e desregrada tem implicações negativas na sustentabilidade do Planeta e a nível de impacto ambiental.

 

Reduzir, reutilizar e reciclar é contribuir para a preservação do Planeta.


 

 

Contactos

© Triplex