1.2. As estações do ano

 

As estações do ano

 

No outono, as folhas de muitas árvores ficam amarelas e acabam por cair.

 

Na primavera, as folhas de muitas árvores tornam a rebentar e a crescer.

 

 

No outono e inverno:

•as noites são longas e os dias são curtos;
 
•as temperaturas são, em geral baixas;
 
•o Sol encontra-se mais perto do horizonte.
 

Na primavera e no verão:

•as noites são curtas e os dias são longos;
 
•as temperaturas são, em geral, elevadas;
 
•o Sol encontra-se mais afastado do horizonte.

 

 

 

Estas mudanças devem-se ao efeito conjunto do:

 

movimento de translação da Terra à volta do Sol e
 
 

•à inclinação do eixo de rotação da Terra relativamente ao plano da sua órbita em torno do Sol.

 

 

Inclinação do eixo de rotação da Terra

 

O eixo de rotação da Terra tem uma inclinação de cerca de 23º relativamente à perpendicular ao plano da sua órbita em torno do Sol.

 

 

Em junho, entre o fim da primavera e o início do verão, o Polo Norte encontra-se voltado para o lado do Sol devido à inclinação do eixo de rotação da Terra.

 

 

•Para um observador, no equador, a noite tem a mesma duração que o dia;
 
•Para um observador, localizado perto do Polo Norte, é sempre dia.


•Para um observador localizado entre o equador e o Polo Norte, que poderia estar em Portugal, a duração do dia é maior do que a duração da noite.


Em dezembro, entre o fim do outono o início inverno, o Polo Sul encontra-se voltado para o lado do Sol devido à inclinação do eixo de rotação da Terra.

 

 

•Para um observador, no equador, a noite tem a mesma duração que o dia;

 

•Para um observador, localizado perto do Polo Norte, é sempre noite.


•Para um observador localizado entre o equador e o Polo Norte, que poderia estar em Portugal, a duração do dia é menor do que a duração da noite.

 

 

No gráfico podes ver a duração dos dias e das noites ao longo do ano em Portugal.

 

O movimento de translação da Terra e a inclinação do seu eixo de rotação têm consequências na duração dos dias e das noites ao longo do ano e dão origem às estações do ano.



Estações do ano, solstícios e equinócios


No dia mais curto do ano, dia em que acaba o outono e começa o inverno, ocorre o designado solstício de inverno.

 

 

Depois do solstício de inverno, os dias tornam-se cada vez maiores, mas sempre com menor duração do que as noites.

No dia em que acaba o inverno e começa a primavera, ocorre o designado equinócio da primavera, em que a duração do dia é exatamente igual à duração da noite.

 

Depois do equinócio da primavera, os dias são maiores do que as noites e tornam-se cada vez maiores até chegar o verão.

 

No dia em que acaba a primavera e começa o verão, ocorre o designado solstício de verão, que assinala o dia mais longo do ano.

 

Depois do solstício de verão, os dias tornam-se cada vez mais pequenos, mas sempre maiores do que as noites.

 

No dia em que acaba o verão e começa o outono, ocorre o designado equinócio do outono, em que a duração do dia é exatamente igual à duração da noite.

 

Depois do equinócio do outono, a duração do dia continua a diminuir até chegar o inverno, que tem início, como já sabes, no solstício de inverno.

 

Altura do Sol ao longo do ano

 

 

Na figura podes ver a inclinação dos raios solares relativamente à perpendicular à superfície da Terra na região oeste da Península Ibérica, em junho e em dezembro.

 

Em junho, no hemisfério norte, o Sol encontra-se bastante acima do horizonte. A altura do Sol é elevada.

 

Em dezembro, no hemisfério norte, o Sol encontra-se mais perto do horizonte. A altura do Sol é baixa.

 

 

Na figura podes ver como é que a luz do Sol se distribui na região oeste da Península Ibérica, em junho e em dezembro.

 

Síntese de conteúdos

 

O movimento de translação da Terra e a inclinação do seu eixo de rotação têm consequências na duração dos dias e das noites ao longo do ano e dão origem às estações do ano.

 

No hemisfério norte, o solstício de inverno ocorre em dezembro e assinala o dia mais curto do ano. O solstício de verão ocorre em junho e assinala o dia mais longo do ano.

 

No hemisfério norte, o equinócio da primavera ocorre em março e o equinócio do outono ocorre em setembro. Nos equinócios o dia e a noite tem a mesma duração.

 

Durante o outono e o inverno, a duração da noite é maior do que a do dia, o Sol encontra-se mais baixo no céu e a temperatura é, em geral, baixa.

 

Durante a primavera e o verão, a duração do dia é maior do que a noite, o Sol encontra-se mais alto no céu e a temperatura é, em geral, elevada.

 

Contactos

© Triplex