Planetas descobertos pelo Kepler são os mais parecidos com a Terra alguma vez encontrados

Os investigadores que analisam as leituras que chegam do observatório Kepler concluem que os exoplanetas detetados têm tamanho e composição semelhantes aos do planeta Terra.

 

Um novo estudo de astronomia prova que alguns dos exoplanetas detetados pelo Kepler com tamanho semelhante ao da Terra têm também uma densidade e massa idênticas às do planeta Azul. O Kepler-93b, por exemplo, mede 1,5 vezes o diâmetro da Terra e tem uma massa 4,02 vezes à nossa.

Os planetas com diâmeto até 2,7 vezes o da Terra apresentam massas e densidades semelhantes às da Terra, noticia o ArsTechnica. Os investigadores concluem que o rácio entre massa e tamanho destes exoplanetas é parecido com o que é registado na Terra e em Venus, ambos com núcleos rochosos e metálicos. Os exoplanetas maiores apresentam mais materiais, como água, hidrogénio e hélio.

Os investigadores pretendem agora analisar outros aspetos, como a distância dos exoplanetas face ao Sol e a existência de água líquida ou outras condições para considerarem se os planetas são habitáveis ou propícios a albergarem vida.

From: Exame Informática

Contactos

© Triplex