NASA quer ter humanos a viver no céu de Vénus

NASA quer ter humanos a viver no céu de Vénus

 

Marte tem sido o destino mais cobiçado pelas entidades que trabalham na exploração espacial. Mas porque não Vénus visto que em termos de distância é o planeta mais próximo da Terra? A NASA tem agora uma plano para tomar o planeta de assalto.

Porque apontamos sempre para Marte se temos Vénus aqui tão “perto”? A questão é respondida com as condições pouco favoráveis do planeta para o suporte da vida humana. Além de as temperaturas no solo rondarem os 455 graus, a pressão da atmosfera é 90 vezes superior à da Terra ao nível do mar.

Um grupo de cientistas da NASA criou um plano onde Vénus é habitável por humanos, mas em “cidades” voadoras. Os cientistas defendem que a 50 quilómetros do solo venusiano a temperatura é muito mais suportável – ronda os 70 graus – e a pressão atmosférica é igual à da Terra.

O nível de radiação também seria muito aceitável – o Engadget diz que equivalentes aos que existem no Canadá -, uma questão que em Marte não é convidativa. Por exemplo, a radiação marciana é um dos grandes desafios que o projeto português Seed terá de enfrentar caso seja escolhido para a iniciativa Mars One.

Os humanos viveriam em zeplins de grandes dimensões e cujo “balão” seria revestido por painéis solares. O projeto que tem a denominação de HAVOC faria ainda uso de tecnologia de painéis “origamis” que quando dobrados ocupam muito pouco espaço – em comparação com o tamanho da estrutura total.



Além de humanos – no máximo dois - também os robots seriam uma presença assegurada já que as máquinas estariam responsáveis por fazer a exploração no solo de Vénus. No total a missão não duraria mais de 30 dias, pois a atmosfera rica em ácido sulfúrico promete desafiar a resistência da nave.

Para já o plano não passa de um projeto de investigação, não se sabendo se a NASA está de facto a equacionar uma missão semelhante – não havendo por isso uma data nem um orçamento. 

From: TEK

Contactos

© Triplex