lançamentos saem do Salão do Automóvel 2014


 

 

 

 

BMW M4

 

Sucessor do M3 cupê, o esportivo M4, da nova série da montadora alemã, é um dos destaques do salão. Ele tem motor 3.0 de 6 cilindros, que gera 431 cavalos de potência, e acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. O câmbio automatizado é de dupla embreagem e 7 velocidades. A montadora divulgou preços de pré-venda de 50 unidades.



 

 


BMW X4

BMW X4 (Foto: Peter Fussy/G1)
BMW X4 (Foto: Peter Fussy/G1)


Quinto SUV da marca alemã, o X4 é baseado no X3, com estilo "cupê" emprestado do X6. A aposta da BMW é oferecer uma alternativa menor e mais barata ao X6. A gama de motores também é emprestada do X3, com propulsores a gasolina ou diesel, turbocomprimidos, com potência de até 306 cv e 64,3 kgfm de torque.

 

 


Chevrolet Spin Activ

Chevrolet Spin (Foto: Alan Morici/G1)
 
Chevrolet Spin Activ (Foto: Alan Morici/G1)

A versão "aventureira" da Spin foi apresentada no Anhembi. As mudanças em relação à "tradicional" estão basicamente no visual, a começar pelo estepe preso na parte de fora do porta-malas, quase uma "assinatura" desse tipo de veículo. Além disso, os para-choques são em plástico preto, há saias laterais na cor prata, faróis e lanternas com máscara escurecida, apliques nos para-lamas, rodas com desenho exclusivo e adesivos com o nome de versão. O motor é o 1.8 108 cavalos das versões LT e LTZ.

 


DS3

citroën DS3 (Foto: Divulgação)
DS3 2015 (Foto: Divulgação)

A linha 2015 do hatch DS3, da antiga linha premium da Citroën, agora uma marca independente, tem como novidade uma versão de "entrada". De acordo com a fabricante, as duas opções iniciais tem valores menores que os DS3 vendidos atualmente no Brasil.

Desde a versão "básica", o carro traz iluminação diurna de LED, faróis de neblina, ar-condicionado digital, rádio, Bluetooth, controle de estabiliade e seis airbags. A configuração intermediária Pack Confort, inclui detector de obstáculo traseiro, acendimento automático dos faróis, e central multimídia com GPS. A topo de linha passa a contar com faróis bixenon full LED, navegação com câmera de ré e frenagem automática em caso de risco de colisão.

 


Ford Ka 1.5

Ford Ka (Foto: Caio Kenji/G1)
Ford Ka (Foto: Caio Kenji/G1)



O Ka foi lançado em setembro, inicialmente na versão hatch com motor 1.0. No salão, sem muitas novidades, a montadora destacou a opção 1.5, cujo preço já havia sido divulgado na época do lançamento do Ka+, a versão sedã.



A SE tem ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricas, porta celular/GPS na parte superior do painel, que permite ver a tela (My Ford Dock), rádio com Bluetooth (que permite atender chamadas sem manusear o celular), roda de 14 polegadas, entre outros itens. A SE Plus inclui vidros elétricos traseiros, central multimídia Sync (com comando de voz e aplicativos), controles ao volante e mais detalhes cromados no interior. E a SEL, além de todos os itens anteriores, tem controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, ajuste de altura do banco do motorista, computador de bordo, alarme, faróis de neblina, lanternas escurecidas, aplique cromado na grade e rodas de liga leve aro 15.

 


Ford Ka+ 1.0

Ford Ka + (Foto: Caio Kenji/G1)
Ford Ka + (Foto: Caio Kenji/G1)


O Ka sedã chegou às lojas em outubro, inicialmente na versão hatch com motor 1.5. No salão, a montadora destacou a opção 1.0, cujo preço já havia sido divulgado no mês anterior.

 


JAC T6

T6 é exibido no estande da JAC no Salão de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
T6 é exibido no estande da JAC no Salão de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)


O utilitário esportivo T6 tem tamanho próximo ao de rivais como Hyundai ix35 e Kia Sportage , a preço mais perto de SUVs menores como Ford EcoSport . O motor flex 2.0 16V desenvolve 160 cavalos de potência (abastecido com etanol) e atua em conjunto com câmbio manual de 5 marchas.

 


Land Rover Discovery Sport

 


Recém-apresentado, no mês passado, no Salão de Paris, o Discovery Sport desembarcou no evento de São Paulo com a confirmação de que será produzido na futura fábrica da Jaguar Land Rover, em 2016. O SUV é um substituto para o Freelander, e terá opção para levar até 7 pessoas. Os detalhes mecânicos e configurações que serão oferecidas no mercado nacional não foram revelados, apenas um preço inicial. No exterior, a configuração mais potente, S, tem motor V6 de 340 cavalos. De acordo com a marca, ele acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos, com máxima de 250 km/h.

 


Lifan 530

Lifan 530 no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
Lifan 530 no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)

Terceiro veículo de passeio na marca chinesa no Brasil, o 530 foi lançado uma semana antes do salão. De série, há ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricos, rodas de 15 polegadas de alumínio, freio a disco nas quatro rodas e fixação Isofix para cadeirinhas de crianças e rádio. A versão topo de linha, Talent, tem central multimídia com conexão Bluetooth e câmera de ré. O motor é um 1.5 litro de 103 cavalos e 13,6 kgfm de torque, a gasolina (não há opção flex).
 

Mercedes-Benz C Touring 180

Mercedes-Benz Classe C Touring (Foto: André Paixão / G1)
 
Mercedes-Benz Classe C Touring (Foto: André Paixão / G1)

Chamada no exterior de Estate, a versão perua da nova geração da Classe C tem motor 1.6 de 156 cavalos.

 

 


Mercedes-Benz GLA AMG

Mercedes GLA 45 AMG no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
Mercedes GLA 45 AMG no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)

A versão esportiva do crossover, preparada pela AMG, tem o mesmo motor 2.0 de 360 cv adotado no A 45 AMG e no CLA 45 AMG. O preço também repete o do CLA AMG.

 

 


Mercedes-Benz Classe S cupê

Mercedes-Benz Classe S Coupé faz estreia mundial no Salão de Genebra (Foto: Arnd Wiegmann / Reuters)
Mercedes Classe S Coupé estreou no Salão de Genebra, em março (Foto: Arnd Wiegmann / Reuters)

 

Preparado pela AMG, o modelo tem um motor V8 biturbo de 5.5 litros e 585 cavalos. De acordo com números de fábrica, o esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos. Como ela chega só no ano que vem, o preço foi divulgado apenas em dólar.

 

 


Mitsubishi Lancer nacional

Mitsubishi Lancer GT (Foto: Caio Kenji/G1)
Mitsubishi Lancer GT (Foto: Caio Kenji/G1)

A marca japonesa apresentou no salão o Lancer nacional. O modelo passa a ser produzido no Brasil neste mês, praticamente sem alterações visuais em relação ao importado do Japão, apenas com rodas de 18 polegadas redesenhadas e um novo aerofólio, nas versões GT (mais completa) e AWD. Todas têm motor 2.0 aspirado de 160 cavalos. Elas se diferenciam pelo câmbio (manual ou CVT) ou tração (4x2 ou AWD).

 


Porsche Boxster GTS

Porsche Boxster GTS (Foto: Divulgação)
Porsche Boxster GTS (Foto: Divulgação)

Os motores de 6 cilindros e 3.4 litros ganharam 15 cv a mais em cada modelo (em relação à versão S), o que deixou o Boxster GTS com 330. A versão inclui suspensão ativa e pacote esportivo. Com isso, o Boxster vai a 100 km/h em 4,7 segundos.

 


Porsche Cayenne Turbo

Traseira do Porsche Cayenne Turbo no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
 
Porsche Cayenne Turbo no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)

O Cayenne passou por uma reformulação traz um design atualizado e novas opções de motores, que, segundo a Porsche, são mais econômicos. A topo de linha, Turbo, é equipada com motor V8 de 4.8 litros e 527 cavalos de potência – um ganho de 27 cv ante sua antecessora. A partir de 2015 chegam também a versão de entrada S, cujo preço não foi divulgado. A transmissão do Cayenne é sempre automática (Tiptronic S) de oito marchas com opção de troca por aletas no volante (shift paddles).

Na comparação com a segunda geração do utilitário, lançada em 2010, o novo Cayenne tem nova disposição de luzes na dianteira, grade, para-choque e faróis auxiliares redesenhados. As maiores mudanças estão na traseira. Lá, as lanternas ganharam novos contornos, mais afilados, lembrando o Macan. Tampa do porta-malas, saídas de escape e para-choques também possuem novas formas.

 


Porsche Cayman GTS

Porsche apresenta Cayman GTS no salão do automóvel de São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
 
Porsche apresenta Cayman GTS no Anhembi (Foto: Caio Kenji/G1)

Com o motor de 6 cilindros e 3.4 litros, o Cayman GTS tem 15 cv a mais em relação à versão S), chegando a 340 cv. A versão tem suspensão ativa e pacote esportivo, fazendo o carro ir de 100 km/h em 4,6 segundos.

 

 


Porsche Targa 4S

Porsche apresenta modelo 911 Targa 4S no Salão do Automóvel do São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)
Porsche apresenta modelo 911 Targa 4S em SP (Foto: Caio Kenji/G1)
 

Depois de 20 ausente, o Targa renasceu neste ano com a estreia do novo modelo no Salão de Detroit. Agora ele parece em São Paulo, onde os visitantes poderão ver o conversível, que agora tem mecanismo eletrônica para retirada do teto em 19 segundos. Ele pode ser equipado com motor 3.4 litros, de 350 cv, ou 3.8 litros, com 400 cv - esta última versão mais potente (4S).

 

 


Renault Fluence reestilizado

Renault Fluence é exposto no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Caio Kenji/G1)
 
Renault Fluence é exposto no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Caio Kenji/G1)
 

O Fluence também passa a contar com a nova identidade visual da Renault, já vista em Clio, Sandero e Logan. A montadora manteve as configurações que já existem e afirma que os preços não mudarão em relação aos atuais.

 


Renault Sandero Stepway

Sandero Stepway é exibido no estande da Renault no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Caio Kenji/G1)
 
Sandero Stepway é exibido no estande da Renault no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Caio Kenji/G1)
 

Baseado no novo Sandero, o Stepway possui motor 1.6, com opção da câmbio manual ou automatizado, capaz de gerar 106 cavalos de potência máxima. A marca começou a pré-venda, em outubro, com desconto até o fim daquele mês; 

 


Volkswagen CrossFox

Presidente da Volkswagen, Thomas Schmall, apresenta o Crossfox no salão (Foto: Alan Morici/G1)
 
Presidente da Volkswagen, Thomas Schmall, apresenta o Crossfox no salão (Foto: Alan Morici/G1)

 

Versão "aventureira", o CrossFox adotou o novo visual do Fox.

 


Volkswagen Cross Up!

Cross up! é apresentado pela Volkswagen no Salão do Automóvel de São Paulo (Foto: Alan Morici/G1)
 
Cross up! é apresentado pela Volkswagen no Salão do Automóvel (Foto: Alan Morici/G1)
 

O Up!, lançado em fevereiro passado, também ganhou uma versão "aventureira". Ela é oferecida apenas com 4 portas, com câmbio manual ou automatizado e tem, de série, direção elétrica, sensor de estacionamento, alarme, trava e vidro elétrico, faróis com máscara escurecida, faróis de neblina, rodas de liga leve aro 15. 

 

 


Volvo V40

Volvo V40 é exposto no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Alan Morici/G1)
 
Volvo V40 é exposto no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Alan Morici/G1)
 

A montadora sueca lançou uma versão mais "baratas" do V40, chamada Comfort. Não tem banco do motorista com regulagem eletrônica e memória, partida sem chave, piloto automático, faróis com xênon, sensores de estacionamento e chuva, entre outros itens. O motor é o mesmo das demais configurações: 2.0 turbo de 180 cavalos, com sistema start-stop (que desliga o motor em paradas curtas, como no semáfoto). Há ainda sete airbags, controles de tração e estabilidade, bancos em couro, ar-condicionado digital de duas zonas, tela multimídia e os sistemas de segurança tradicionais da marca (City Safety e Volvo On Call).

 


Volvo XC60

XC60 é apresentado pela Volvo no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Alan Morici/G1)
 
XC60 é apresentado pela Volvo no Salão de São Paulo 2014 (Foto: Alan Morici/G1)
 

O XC60 também ganhou uma versão de entrada, a Comfort. Foram mantidos os bancos em couro, mas sem regulagem elétrica e ajuste lombar. O painel digital é substituído por um analógico, e também caem os sensores de chuva e estacionamento. O propulsor é o mesmo Drive-E 2.0 litro de 245 cv, acoplado a transmissão automática de 8 velocidades.

 

From: G1

 

 

 

   

Contactos

© Triplex