A reveladora e divertida passadeira dos Grammy

22-02-2015 12:30

Madonna, 56 anos, a levantar a micro saia e a mostrar o rabo. Jane Fonda, de 77, num fato justíssimo a exibir um corpo de 30. Lady Gaga, talvez por estar acompanhada pelo respeitável Tony Benett, de 88, discreta para o que é o seu hábito.

Assim foi a passadeira dos Grammys, bem mais exuberante e divertida do que se prevê a dos Óscares, no próximo dia 22. 

Além de Madonna, numa mistura cancan/toureiro, a actriz Joy Villa, vestida com uma rede de plástico, Bleona Qereti, uma espécie de super-mulher do futuro com lingerie à mistura, ou a cantora Sia, com uma peruca tão grande que só lhe deixava ver os lábios pintados de vermelho forte, deram espectáculo.

Também Kim Kardashian o deu, evidentemente, com um vestido/ roupão douradíssimo e ‘abertíssimo’ de Jean Paul Gaultier.

Num registo mais clássico apareceram vestidas Beyoncé, Gwen Stefani e Ciara. E ainda, surpreendentemente, Miley Cirus e Nicki Minaj.

No lado oposto , quer em termos cromáticos quer de volume, esteve o vestido corte princesa de Rihanna, amado (pela Vogue, por exemplo) e odiado. 

Para o final fica a inspiração desportiva, patente no vestido de Paris Hilton, que poderia ter lugar numa competição de patinagem artística, e no fato de treino Adidas da mulher de Pharell, Helen Lasichanh, que foi consensualmente remetido para as pistas de corrida.

Kim Kardashian, em Jean Paul Gaultier, e Kanye West

Madona, em Givenchy Haute Couture

Rhianna, em Giambattista Valli Haute

Taylor Swift, em Elie Saab

Pharell Williams e a mulher

Paris Hilton

Miley Cyrus, em em Alexandre Vauthier Couture

Lady Gaga, em Brandon Maxwell, e Tony Bennett

Katy Perry, em Zuhair Murad

Jane Fonda

 

Gwen Stefani, em Atelier Versace

 

From: Sol

 

 

Voltar

Contactos

© Triplex