Ficha nº1

 

Reflexão da luz

1. A utilização de radares pela Marinha permite a localização de outros navios ou obstáculos que possam constituir um risco.

a. Em que fenómeno ótico se baseia o funcionamento de um radar?

b. Que tipo de luz utilizam os radares?

c. Dá outro exemplo de utilização do radar.

2. Explica por que motivo vemos a nossa imagem com nitidez numa chapa metálica polida e não vemos a nossa imagem numa chapa metálica rugosa, mas ambas aquecem quando iluminadas.

3. Indica, das seguintes aplicações tecnológicas, a(s) que faz(em) uso da reflexão da luz.

4. Lê com atenção o seguinte texto.

"No teu quotidiano certamente observas várias situações em que ocorre reflexão da luz. No entanto, o tipo de reflexão sofrida pela luz irá depender das características da superfície sobre a qual ela incide. Nas superfícies não polidas, como as paredes de uma sala ou as folhas de um livro, ocorre a reflexão irregular da luz. Estas são visíveis quando a luz que incide nelas é refletida de um modo irregular e se propaga até aos nossos olhos. Por outro lado, nas superfícies polidas, como a superfície calma da água de um lago ou a superfície polida de um metal, parte da luz que incide sobre elas sofre reflexão regular. Apesar das diferenças, a reflexão irregular (ou difusa} e a reflexão regular (ou especular) ocorrem em simultâneo, embora predomine um dos fenómenos, conforme a superfície seja mais ou menos polida."

De acordo com o texto e com os conhecimentos que já adquiriste, responde às seguintes questões.

4.1. De que depende o tipo de reflexão que a luz pode sofrer?

4.2. Quais são os tipos de reflexão da luz que podem ocorrer?

4.3. Quando é que ocorre reflexão irregular da luz? O que ocorre na reflexão irregular quando os raios luminosos de um feixe de raios paralelos incidem numa superfície?

4.4. Que tipo de reflexão da luz ocorre em superfícies polidas? O que ocorre quando os raios luminosos de um feixe de raios paralelos incidem numa superfície polida?

5. A figura seguinte representa dois espelhos, E1 e E2, colocados perpendicularmente.

a. Representa a trajetória da luz até ela se refletir no segundo espelho.

b. O ângulo entre o raio refletido no segundo espelho e a normal no ponto de incidência é igual a (seleciona a opção correta):

A. 30º

B. 60º

C. 90º

D. 20º

6. Classifica cada uma das afirmações seguintes em verdadeira ou falsa. Corrige as que consideraste falsas.

A - Um rajo luminoso é o mesmo que uma onda de luz.

B - A reflexão da luz corresponde ao seu reenvio para o meio de onde provém depois de interagir com uma superfície.

C - Numa superfície lisa e polida não ocorre qualquer reflexão difusa da luz.

D - Em qualquer superfície onde a luz incide ocorrem simultaneamente a reflexão especular e a reflexão difusa.

E - É a reflexão especular da luz que nos permite ver os objetos que nos rodeiam.

F - Há absorção de luz em qualquer superfície onde a luz incide.

7. O Bruno estava na cozinha a almoçar e reparou que no chão de tijoleira brilhante conseguia ver refletidos os armários e eletrodomésticos aí presentes, enquanto que no teto da cozinha já não observava o mesmo.

As figuras (I) e (II) ilustram, esquematicamente, o que poderá acontecer predominantemente aos raios luminosos que incidem na superfície do chão de tijoleira brilhante e no teto da cozinha.

7.1. Faz a correspondência correta entre as figuras (I) e (II) e as observações do Bruno acerca do chão de tijoleira brilhante e do teto da cozinha.

7.2. Como se designa o fenómeno sofrido pela luz em cada uma das figuras (I) e (II)? Justifica a sua ocorrência de acordo com o tipo de superfície.

8. Na figura representa-se o trajeto do raio A, que é refletido numa superfície.

8.1. Indica a letra que corresponde:

8.1.1. ao raio incidente;

8.1.2. ao raio refletido;

8.1.3. à normal.

8.2. Indica o valor do ângulo α1.

8.3. Indica o valor do ângulo α2.

8.4. Diz-se a superfície onde ocorre a reflexão é uma superfície polida ou uma superfície rugosa. Justifica a tua resposta.

8.5. Indica qual dos raios A e B tem maior intensidade. Justifica a tua resposta.

9. O ângulo entre um raio de luz que incide num espelho plano e a normal à superfície do espelho é igual a 35º. O ângulo de incidência e o ângulo entre a superfície do espelho e o raio refletido são, respetivamente (seleciona a opção correta):

A. 55º e 55º.

B. 35º e 35º.

C. 35º e 55º.

D. 55º e 35º.

10. Lê atentamente o seguinte texto.

“O João e o Rui são dois estudantes de Física que se interessam em particular pelos fenómenos óticos. Numa conversa, os amigos discutiam acerca da validade das leis da reflexão.

- As leis da reflexão são válidas apenas para as superfícies polidas, as únicas em que ocorre uma reflexão regular afirmou o João.

- Estás enganado! - ripostou o Rui. - As leis verificam-se em todas as superfícies em que ocorre reflexão."

Indica com que amigo é que mais concordas e explica como argumentarias para defender o seu ponto de vista.

11. Classifica as seguintes afirmações verdadeiras (V) ou falsos (F).

(A) Quando um feixe de luz incide sobre uma superfície opaca, parte é absorvida e parte é refletida.

(B) A reflexão regular ocorre quando um feixe de raios paralelos incidente origina um feixe de raios paralelos refletido.

(C) A reflexão irregular ocorre quando um feixe de raios paralelos incidente origina um feixe de raios refletidos em várias direções.

(D) A reflexão regular também se pode designar por reflexão difusa.

(E) A reflexão irregular também se pode designar por reflexão especular.

12. Um raio luminoso é impossível de se observar. Realmente, nós observamos sempre feixes luminosos que, por mais estreitos que sejam, são formados por urna infinidade de raios luminosos.

12.1 Escreve nos retângulos da figura a classificação dos feixes luminosos A, B e C.

12.2 Representa um raio luminoso.

12.3 Representa esquematicamente cada um dos tipos de feixes da figura.

13. Numa noite de nevoeiro é difícil conduzir um carro porque a luz emitida pelos seus faróis é espalhada pelas gotas de água existentes no ar, o que diminui a visão da estrada.

Que fenómenos explicam esta situação?

14. Quando incide luz numa superfície espelhada (seleciona a frase correta):

A. ... sofre sempre desvio na direção de propagação, mantendo a sua velocidade de propagação.

B. ... sofre sempre desvio na direção de propagação, variando a sua velocidade de propagação.

C. ... mantém a direção de propagação, invertendo o sentido, se incidir perpendicularmente, mantendo a sua velocidade de propagação.

D. ... mantém a direção de propagação, invertendo o sentido, se incidir perpendicularmente, variando a sua velocidade de propagação.

Contactos

© Triplex