Ficha nº10

 

Lentes

O olho humano e alguns defeitos de visão

1. Observa o esquema simplificado de uma máquina fotográfica:

1.1. Identifica o tipo de lente que esta máquina apresenta.

1.2. Identifica as características da imagem dada por esta lente.

1.3. Identifica o local onde se deve formar a imagem para que a fotografia fique nítida.

1.4. Considera os pontos X e V da figura. Identifica qual deles poderá representar a imagem do ponto A.

1.5. Considera que o valor indicado na figura corresponde à distância focal da lente que constitui a máquina. Determina a sua potência.

2. Observa as figuras, que representam duas lentes diferentes, e responde às questões.

2.1 Identifica, para cada caso, o tipo de lente representada.

2.2 Para cada caso, escolhe um ponto para o foco principal da lente (F) e desenha cinco raios paralelos antes de atravessarem as lentes. De seguida, completa o seu trajeto após atravessarem a lente.

2.3 Calcula a potência focal de cada uma das lentes, admitindo que o módulo da distância focal para ambas as lentes é de 0,25 m.

3. Luís Vaz de Camões, importante poeta português, tapava um olho com uma pala, pois tinha apenas visão no outro. Devido a esse facto, este poeta:

(A) via mal ao perto.

(B) via mal ao longe.

(C) era daltónico.

(D) tinha dificuldade em perceber a que distância se encontravam os objetos que observava.

(Assinala a opção correta.)

4. A Cristina começou a notar que quando ia ao cinema tinha dificuldade em ler as legendas.

Preocupada com esse facto, resolveu ir ao oftalmologista que lhe disse que sofria de miopia.

4.1. Indica um sintoma que possa levar uma pessoa a pensar que sofre de miopia.

4.2. Quais poderão ser as causas da miopia?

4.3. Com que tipo de lentes pode ser compensada a miopia?

4.4. Considera as seguintes figuras que dizem respeito a um olho que sofre de miopia.

4.4.1. Representa na figura (I) a trajetória de três raios luminosos paralelos que incidem no olho, indicando o ponto onde convergem.

4.4.2. Representa na figura (II) a trajetória de três raios luminosos paralelos que incidem numa lente que compense a miopia, indicando o ponto onde convergem.

5. Observa a representação de lentes que se segue:

Classifica as seguintes afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F) e corrige as falsas.

(A) A lente I é uma lente divergente.

(B) A lente II é mais divergente do que a lente III.

(C) Se um feixe de raios paralelos incidir na lente I, torna-se num feixe de raios convergente.

(D) A lente II faz convergir um feixe de raios paralelos num ponto, a que se chama foco.

(E) As imagens dadas pela lente III são sempre direitas e maiores do que o objeto.

6. Completa o texto seguinte de forma a construíres afirmações corretas.

As lentes esféricas são meios óticos ______ limitados por superfícies ______, podendo ter bordos ______ ou bordos _______· As lentes de bordos espessos chamam-se lentes ______, porque fazem ______ os raios luminosos que nela incidem paralelamente ao eixo principal. As lentes de bordos delgados são lentes ______ porque fazem ______ os raios luminosos para o seu  ______, quando estes incidem paralelamente ao eixo principal.

7. Uma pessoa usa Lentes cuja potência é - 0,25 D.

a. Que tipo de lentes usa?

b. Qual é o defeito de visão da pessoa? Em que consiste?

c. Qual é a distância focal da lente?

8. Considera a seguinte figura:

8.1. Identifica o tipo de espelho ilustrado.

8.2. Elabora a construção geométrica que te permite obter a imagem do objeto apresentado na figura.

8.3. Identifica as características da imagem obtida.

8.4. Classifica o foco deste tipo de espelhos.

9. As Lentes convexas também são chamadas (assinala a opção correta):

A. ... divergentes ou de bordos delgados.

B. ... convergentes ou de bordos delgados.

C. ... convergentes ou de bordos espessos.

D. ... divergentes ou de bordos espessos.

10. Completa as frases seguintes utilizando as palavras do quadro.

(A) Uma lente ____ tem bordos delgados e provoca a ____ de um feixe paralelo.

(B) Uma lente ____ tem bordos espessos e provoca a ____ de um feixe paralelo.

(C) O ____ é o ponto onde convergem ou divergem os raios luminosos desviados por uma lente convergente ou divergente.

11. Indica os defeitos de visão evidenciados nas figuras A e C e desenha, em cada retângulo das figuras B e D, a lente adequada à sua correção.

12. Nos cinemas, os filmes são projetados nas telas utilizando projetores. As lentes utilizadas nestes aparelhos ...

(A) são convergentes.

(B) são divergentes.

(C) podem ser convergentes ou divergentes.

(D) têm uma grande potência.

(Assinala a opção correta.)

13. Na casa do João, as duas metades de uma bola prateada decorativa descolaram-se. Antes de colar as duas metades novamente, o João decidiu fazer algumas experiências. Nas figuras seguintes representam-se duas dessas experiências. Na figura A, o João observa o seu dedo refletido na superfície convexa e, na figura B, observa-o na superfície côncava da bola.

13.1 Refere as características da imagem obtida com a superfície espelhada da figura A.

13.2 Na situação da figura A, se o João afastar o dedo do espelho, as características, referidas na resposta à questão anterior, alterar-se-ão? Justifica a tua resposta.

13.3 Descreve as características da imagem para a situação representada na figura B.

13.4 Para obter uma imagem direita com o espelho da figura B, o João deveria aproximar ou afastar o dedo do espelho?

14. Um aluno, numa aula laboratorial, determinou experimentalmente a distância focal de quatro lentes e, com base nos valores obtidos, calculou as respetivas distâncias focais.

14.1. Identifica uma forma de determinar, experimentalmente, a distância focal de uma lente convergente.

14.2. Na tabela seguinte encontram-se registados os resultados de algumas das medições e os resultados obtidos por um aluno.

a) Completa corretamente o quadro (letras X. V e Z) sabendo que a lente A é divergente.

b) Identifica quais as lentes convergentes utilizadas nesta atividade.

15. Considera as seguintes figuras correspondentes a diferentes tipos de espelhos:

15.1. Identifica os espelhos ilustrados em A, B e C.

15.2. Identifica, entre os espelhos B e C, qual apresenta uma imagem incorreta.

15.3. Identifica para o espelho A, a posição onde se poderá encontrar a imagem.

15.4. Justifica a opção escolhida na alínea anterior fazendo a construção geométrica da formação da imagem.

15.5. Indica as características da imagem formada pelo espelho B.

15.6. Para se obter, com o espelho B, uma imagem maior do que a representada, o objeto deve estar mais próximo ou mais afastado do espelho?

16. Considera o esquema do olho humano da figura:

16.1. Completa corretamente a legenda, utilizando os termos da seguinte chave:

16.2. Identifica o tipo de Lente que constitui o olho humano.

16.3. Identifica as características das imagens formadas na retina do olho humano.

17. Enquanto ensinava o filho a ler, a Maria notou que ele tinha dificuldade em distinguir as letras.

Assim que lhe foi possível, a Maria levou o filho ao oftalmologista que lhe diagnosticou hipermetropia.

17.1. Completa o seguinte texto que diz respeito à explicação que o oftalmologista terá dado à Maria.

“O seu filho sofre de hipermetropia e é por isso que ele vê ______ ao perto. Na verdade, as imagens das letras que ele lê formam-se para além da _____ porque o globo ______ é muito ______. Para ______ este defeito, ele vai precisar de usar óculos com lentes ______.”

17.2. Considera as seguintes figuras que dizem respeito a um olho que sofre de hipermetropia.

17.2.1. Representa na figura (I) a trajetória de três raios luminosos paralelos que incidem no olho, indicando o ponto onde convergem.

17.2.2. Representa na figura (II) a trajetória de três raios luminosos paralelos que incidem numa lente que compense a hipermetropia, indicando o ponto onde convergem.

18. Que fenómeno ótico permite a formação de imagens em Lentes?

19. Observa a figura seguinte que ilustra um instrumento ótico.

19.1. Identifica-o.

19.2. Identifica o seu princípio de funcionamento.

19.3. Identifica as características das imagens dadas por este instrumento.

19.4. Indica qual o objeto que o observador vê com o referido instrumento.

20. Completa a frase:

“Uma pessoa com miopia vê ______ ao perto e vê ______ ao longe e uma pessoa com hipermetropia vê _____ ao perto e vê _____ ao longe.”

21. Completa o diagrama sobre os tipos de lentes estudadas.

22. Na figura seguinte representam-se duas lentes, 1 e 2, com características diferentes, bem como dois raios luminosos que incidem sobre cada uma delas. O trajeto dos raios encontra-se incompleto.

22.1. Classifica cada uma das lentes, tendo em conta a forma como varia a direção de propagação de um feixe paralelo.

22.2. Indica qual o fenómeno ótico que permite que uma lente faça variar a direção de propagação dos raios luminosos.

22.3. Esquematiza, em cada uma das figuras, o prolongamento dos raios luminosos A e B que se encontram assinalados.

23. O esquema seguinte resume o processo de visualização de objetos pelo ser humano.

23.1. Legenda a figura.

23.2. O objeto que está a ser visualizado pelo rapaz pode-se classificar como ...

(A) opaco.

(B) transparente.

(C) translúcido.

(Assinala a opção correta.)

23.3. Elabora um texto em que expliques, sucintamente, o processo ilustrado.

Contactos

© Triplex